O fim do ano está chegando e os sonhos de viagens e férias estão cada vez mais perto de se tornarem realidade. Até a chegada ao destino, tem uma parte da preparação que, para muitos, é sempre uma dor de cabeça: fazer as malas. Mesmo a gente se prometendo que “desta vez, vai levar somente o necessário”, decidir o que vai e o que fica nunca é tarefa fácil.

Para te ajudar nesse desafio, separamos 5 dicas simples, que podem tornar a viagem bem mas prática. Confira:

1 – A escolha da mala
No geral, as melhores opções são as retangulares, mais comuns, que evitam que as roupas amassem muito e permitem melhor organização. O tamanho ideal vai depender do tempo que você vai ficar fora e do tamanho da família.Famílias com filhos pequenos podem optar por uma mala grande, na qual caiba as coisas de todos. A vantagem é que você só terá um volume com que se preocupar.

2 – Reflita antes de decidir o que levar
Fazer algumas perguntas a si mesmo antes de arrumar a mala é essencial. Isso evita que leve o seu guarda-roupa inteiro para a viagem. Por exemplo, quanto tempo você vai ficar no destino? O lugar é praia, serra, cidade? Qual é a estação do ano naquele destino? Vou precisar de alguma peça específica?

3 – Opte por peças básicas
Procure separar peças que combinem entre si e evite roupas com muitos detalhes, que diminuem a variedade de combinações. Lembre-se de que, por exemplo, dois biquínis com cores básicas podem formar quatro conjuntos diferentes. Pense quantos dias terá a viagem e calcule uma peça para cada dia em média. Pense sempre em peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias outras, como calças ou shorts jeans. Quem vai para a praia pode ser ainda mais econômico, já que, na prática, provavelmente, ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo.

4– Faça o espaço render
Ao organizar a mala, a ordem em que colocamos as peças faz toda a diferença, tanto para fazer o espaço render, como para evitar que as roupas amassem demais. Primeiro as calças: coloque essas peças esticadas no fundo da mala com as pernas para fora. Depois de colocar tudo, dobre as pernas da calça por cima das outras roupas. Depois, coloque bermudas e shorts. Na sequência, coloque os vestidos – dobrados mínimo possível e colocados esticados, com parte da roupa para fora da mala (assim como foi feito com as calças). Camisetas devem ser dobradas e depois enroladas. Roupas íntimas devem ser colocadas em sacos, para facilitar na hora de encontrá-las – assim como os biquínis. Os sapatos podem ser colocados em sacos individuais. Eles podem ser acondicionados em compartimento separado na mala ou, se estiverem protegidos, colocados mesmo junto às roupas, de preferência nos cantos da mala

5- Nécessaire mais enxuta
Para ganhar espaço, substitua os potes grandes de hidratantes, xampus condicionadores e leve uma pequena quantidade em frascos menores. Esse conceito é válido para todos os produtos cuja embalagem original ocupa muito espaço. Outra dica é acondicionar esses produtos em saquinhos separados por tipos (higiene/cosméticos/ remédios/ maquiagem) e distribuir nos espaços vazios. Produtos líquidos que podem vazar na mala devem ser colocados em sacos plásticos.

Agora é começar a contagem regressiva para por o pé na estrada!